Saiba como e onde se vacinar contra a febre amarela na Paraíba

0

As doses da vacina contra a febre amarela são suficientes para atender a demanda da Paraíba. Isso é o que revelou, na última sexta-feira (19), em entrevista ao JORNAL DA PARAÍBA a Chefe de Núcleo de Imunizações da Secretária do Estado de Saúde (SES), Isiane Queiroga.

A vacina é recomendada para quem vai viajar, seja a passeio ou a trabalho, para as áreas que há indicação de vacinação do Ministério da Saúde (MS). A imunização está disponível, de acordo com a SES, em 17 municípios.

Os centros de referência para vacinação dos paraibanos estão localizados nos municípios de João Pessoa, Cabedelo, Bayeux, Guarabira, Campina Grande, Cuité, Picuí, Monteiro, Sumé, Patos, Piancó, Catolé do Rocha, São Bento, Cajazeiras, Sousa, Princesa Isabel e Itabaiana.

Isiane Queiroga afirma que nestes municípios todo e qualquer cidadão pode ser vacinado, independente de residir ou não naquela localidade. Ainda conforme ela, a Paraíba não é uma área de recomendação de vacina e, por isto, o imunobiológico não é oferecido na rotina, apenas em centros de referência. “São criadas referências em todo o Estado, por recomendação do MS, para atendimento da demanda de qualquer paraibano”, afirma.

A orientação da Secretária de Saúde é que as pessoas procurem um serviço de saúde com pelo menos 10 dias de antecedência da viagem para os locais sinalizados como áreas de risco. Para ter direito a vacina, é preciso apresentar o comprovante de viagem, como passagem ou recibo de hospedagem. Caso a pessoa seja maior de 60 anos, é preciso apresentar parecer médico de liberação para a vacinação.

As áreas de recomendação de vacinação contra a febre amarela, de acordo com o MS, incluem os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Bahia, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Piauí, Alagoas, Sergipe, Tocantins, Pará, Roraima, Amazonas, Acre e Rondônia.

A lista completa de localidades pode ser conferido no site do Ministério da Saúde.
(http://portalarquivos2.saude.gov.br/images/listavacinacaofa.pdf)

Atendimento em João Pessoa – O coordenador de Vigilância Epidemiológica de João Pessoa, Daniel Batista, explicou que, desde a última terça-feira (16), houve um aumento expressivo na procura pela vacina no Centro Municipal de Imunizações. “O serviço tem uma demanda normal de 20 a 25 pessoas, e nesta semana passamo a atender uma média de 140 pessoas por dia”, disse.

Fonte: TIAGO BERNARDINO (ESPECIAL PARA O JORNAL DA PARAÍBA)

Share.